Nessa palestra de 60 minutos que beira o místico, o Mestre Confortin evidencia o significado da coragem e do heroísmo em momentos de crise e relaciona tais conceitos com a gestão de conflitos no ambiente corporativo. De que forma a gestão da crise impacta a capacidade criativa? Para o pensamento indiano antigo ter coragem não é cometer atos isolados de sacrifício, mas estar constantemente enfrentando as pequenas (e grandes) crises diárias com uma mente desperta. O filósofo indiano Shantideva aborda o conceito budista de “herói do despertar” ou bodisatva em suas diversas formas de expressão apontando para um desenvolvimento integral humano a partir de potenciais como atenção plena, disciplina, compaixão e sabedoria. O pano de fundo do diálogo será o grande terremoto que atingiu Kathmandu em 2015 e como várias pessoas corporificaram as tipologias apresentadas e tiveram nas “armas” propostas por Shantideva uma base sólida para ressurgir dos escombros.


Facilitador